* * Cantinho da Professora Gina de Paula * *: 22/07/2009

*****

Olá!

Visitante número:

****

Contador On Line

Seja seguidor(a)

Para seguir um blog...

Basta clicar em "SEGUIR" e colocar seu email.
Estou te esperando heim...

Seguidores

Os comentários são o maior estímulo para este trabalho.

Os comentários são o maior estímulo para este trabalho.

Confecção própria

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Uma boa idéia


Professores excelentes devem ficar com turmas mais difícieis?

Ao conselho Pedagógico:

Ser-se avaliado em professor excelente não é a mesma coisa que ser-se um excelente professor.
E não é fácil, um professor ser avaliado em EXCELENTE.
É difícil, muito difícil mesmo e, numa escala de valores, ser EXCELENTE é ainda mais do que, ser -se MUITO BOM. Eu disse mesmo M-U-I-T-O- B-O-M; não disse BOM.
Ser-se, portanto EXCELENTE é o mesmo que ser-se perfeito, distinto, notável, admirável, brilhante, magnífico, ótimo. São sinônimos que o qualificam extraordinariamente, que o qualificam como o melhor de entre aqueles que já são MUITO BONS.
Tal como o Ministério preconiza, os professores titulares têm obrigação de ter as maiores responsabilidades nas escolas porque os considera melhores que os outros; então, também deve caber aos professores EXCELENTES serem os mais responsáveis em todo o processo ensino/aprendizagem e em todas as funções e tarefas do contexto escolar.
E se um professor titular, de acordo com o ministério, já é do melhor que existe numa escola, então, um professor TITULAR EXCELENTE é muito mais! Além de distinto, perfeito, notável, brilhante, magnífico, ótimo, ainda tem mais um atributo: ser TITULAR. Este título não é pra muitos!
E, mesmo, ser-se apenas EXCELENTE já haverá poucos, muito poucos!
Posto isto gostaria de propor para análise aos colegas deste Conselho Pedagógico o seguinte: aos professores que, nesta fase, forem avaliados como EXCELENTE, sejam eles titulares ou não, deverão a partir do próximo ano letivo, lecionar as turmas mais << difíceis >> da escola, bem como direções de turma e cursos que só eles, pelas suas reconhecidas qualidades evidenciadas neste rigoroso processo que tem sido a avaliação de desempenho docente, serão capazes de resolver ou minimizar problemas da melhor forma, contribuindo, assim, para que a escola seja também melhor. O rigor desta avaliação deu-lhes esse direito. É por isso que vão ser beneficiados na pontuação para concursos, no concurso para titulares, em prêmios pecuniários,...É por serem EXCELENTES, por serem MELHORES dos MELHORES , por serem perfeitos, distintos, notáveis, admiráveis, brilhantes, magníficos e ótimos que devem mostrar aos outros como se deve fazer.
Não é pois justo nem razoável que a escola deixe escapar este capital de conhecimentos mantendo os restantes professores com turmas difíceis e funções e tarefas complicadas, aparentemente bons professores, é verdade, mas incapazes de evidenciar s dotes que, em rigor, os professores EXCELENTES foram capazes de demonstrar nesta avaliação criteriosa dirigida ao desempenho de cada docente.
Certa da melhor atenção dos colegas e consciente da importância desta análise solicito que, após reflexão devida, esta proposta baixe aos departamentos e deles seja considerada o conjunto de opiniões formuladas.