* * Cantinho da Professora Gina de Paula * *: NOTA DE ESCLARECIMENTO: ATUAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL NO BRASIL

*****

Olá!

Visitante número:

****

Contador On Line

Seja seguidor(a)

Para seguir um blog...

Basta clicar em "SEGUIR" e colocar seu email.
Estou te esperando heim...

Seguidores

Os comentários são o maior estímulo para este trabalho.

Os comentários são o maior estímulo para este trabalho.

Confecção própria

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

NOTA DE ESCLARECIMENTO: ATUAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL NO BRASIL

Francisco Alcantara Spinola publicado em Marcha pela Ética.

15 de agosto de 2011 09:36


NOTA DE ESCLARECIMENTO: ATUAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL NO BRASIL

A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DELEGADOS DA POLÍCIA FEDERAL VEM A PÚBLICO ESCLARECER QUE, após ser preso, qualquer CRIMINOSO tem como primeira providência tentar desqualificar o TRABALHO POLICIAL. Quando ele não pode fazê-lo pessoalmente, SEUS AMIGOS OU PADRINHOS assumem a tarefa em seu lugar. A ENTIDADE LAMENTA QUE NO BRASIL, A CORRUPÇÃO tenha atingido níveis inimagináveis; ALTOS EXECUTIVOS DO GOVERNO, quando não são presos por ordem judicial, são demitidos por ENVOLVIMENTO EM FALCATRUAS.

MILHÕES DE REAIS – DINHEIRO PERTENCENTE AO POVO - SÃO DESVIADOS DIARIAMENTE POR APROVEITADORES TRAVESTIDOS DE AUTORIDADES. E quando esses indivíduos são presos, por ordem judicial, OS PADRINHOS VÊM A PÚBLICO E SE DIZEM “estarrecidos com a violência da OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL”. Isto é apenas o início de uma estratégia usada por ESSAS PESSOAS com o objetivo de desqualificar A CORRETA ATUAÇÃO DA POLÍCIA. Quando se prende um político ou ALGUÉM POR ELE PROTEGIDO, É COMO MEXER NUM VESPEIRO. A PROVIDÊNCIA LOGO ADOTADA VISA DESVIAR O FOCO DAS INVESTIGAÇÕES e investir contra o TRABALHO POLICIAL. Em tempos recentes, esse método deu tão certo que todo um trabalho investigatório FOI ANULADO. AGORA, A TÁTICA VOLTA AO CENÁRIO. Há de chegar o dia em que a história será contada em seus precisos termos.
DE REPENTE, O USO DE ALGEMAS EM CRIMINOSOS passa a ser um delito muito maior que o DESVIO DE MILHÕES DE REAIS dos cofres públicos. A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DELEGADOS DE POLÍCIA FEDERAL colocará todo o seu empenho para esclarecer ao POVO BRASILEIRO O QUE REALMENTE SE PRETENDE com tais acusações ao TRABALHO POLICIAL E O QUE ESTÁ POR TRÁS DE TODA ESSA tentativa de desqualificação DA ATUAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL.
A DECISÃO SOBRE SE UM PRESO DEVE SER CONDUZIDO ALGEMADO OU NÃO É TOMADA PELO POLICIAL QUE O PRENDE e não por quem desfruta do conforto e das mordomias dos GABINETES CLIMATIZADOS de Brasília. É UMA PENA QUE AQUELES QUE SE DIZEM “estarrecidos” com a “violência pelo USO DE ALGEMAS” não tenham o mesmo sentimento DIANTE DOS ESCÂNDALOS QUE ACONTECEM DIARIAMENTE NO PAÍS, que fazem evaporar BILHÕES DE REAIS dos cofres da nação, deixando milhares de pessoas na miséria; INCLUSIVE, CONDENANDO-AS À MORTE.
NO MINISTÉRIO DOS TRANSPORTE, TODA A CÚPULA FOI AFASTADA. LOGO EM SEGUIDA, ESTOUROU O ESCÂNDALO DA CONAB E NO PRÓPRIO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA. Em decorrência das investigações no MINISTÉRIO DO TURISMO, a Justiça Federal determinou a prisão de 38 PESSOAS DE UMA SÓ TACADA.
MAS A PREOCUPAÇÃO OFICIAL É COM O USO DAS ALGEMAS. Em todos os países do mundo, a doutrina policial ensina que TODO PRESO DEVE SER CONDUZIDO ALGEMADO, porque AS ALGEMAS SÃO um instrumento de proteção ao preso e ao POLICIAL que o prende.
QUANTO ÀS PROVAS DE CULPABILIDADE DOS ENVOLVIDOS, CABE ESCLARECER QUE SERÃO APRESENTADAS NO MOMENTO OPORTUNO AO JUIZ ENCARREGADO DO FEITO, E SOMENTE A ELE E A MAIS NINGUÉM. NÃO CABE À POLÍCIA FEDERAL EXIBIR PROVAS À IMPRENSA. A ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DA POLÍCIA FEDERAL APROVEITA PARA REPRODUZIR O QUE DISSE O EX-MINISTRO Márcio Thomaz Bastos: “A POLÍCIA FEDERAL É REPUBLICANA E NÃO PERTENCE AO GOVERNO NEM AOS PARTIDOS POLÍTICOS".

BRASÍLIA, 12 DE AGOSTO DE 2011.
BOLIVAR STEINMETZ.
VICE-PRESIDENTE EM EXERCÍCIO

Nenhum comentário: